01 junho 2007

Aprendizagens Especiais com Amigos Especiais

Quem haveria de dizer, há três anos atrás, que eu viria para Serpa, apaixonar-me-ia em (e por) Serpa e passaria a ser serpense? "No creo en las bruxas, pero que las hay, las hay", ainda hoje disse aos meus alunos. A verdade é que vir para Serpa foi uma aventura que me seduziu... Talvez seja a lenda da serpente que me mantém por cá, quem sabe? E o que me trouxe, também, Serpa, foi estes amigos e estas vivências tão especiais que decidi partilhar convosco. Espero que eles não se importem...

Sem comentários: