28 novembro 2008

Baobá ou a Árvore da Vida

Em África, esta árvore é venerada como Árvore da Vida. Não me espanta nada, pois o seu formato bem traz à ideia uma árvore da Vida, ou uma árvore genealógica.




São árvores abissais. Grandiosas, enormes, imponentes... assustadoras...


O baobá ficou-me na memória desde um conto que li no meu ano de estágio. Não me lembro da história, mas lembro-me da palavra baobá e da forma como a imagem me tocou.
Esta é a sua flor. Delicada e pura...

1 comentário:

Eduhsol disse...

Um detalhe importante:
O baobá só floresce de 50 em 50 anos.
Quem a viu uma vez dificilmente a verá outra vez.
Dizem que a pessoa que a vê duas vezes é um ser protegido por Deus.