08 fevereiro 2009

Bounty

O Bounty foi o nosso gato preto e branco, adoptado, a quem demos comida e um local para dormir do lado de fora da nossa janela da cozinha até ontem. Vinha jantar connosco no parapeito da janela quase todos os dias, beber leite ao pequeno-almoço e presentear-nos com miminhos e turras quando se aproximava. Até ontem. Ontem à noite, a nossa vizinha, também adoptante do gatinho, encontrou-no morto a uns metros do nosso prédio, atropelado junto ao passeio. Soube há algumas horas atrás e estou desolada. Vou sentir a falta dele, da sua independência amorosa, da sua entrega fiel. Onde está, sei que estará a lambiscar umas gotinhas de leite à espera de uma festinha...

Sem comentários: