01 setembro 2009

Em Julho no Alentejo há girassóis do tamanho do mundo...



Até vir para o Alentejo acho que nunca tinha visto um girassol verdadeiro... Eu vim para esta terra de Deus aos 28 anos, o que faz de mim uma verdadeira parola agriculturalmente falando. E não é por falta de visitas e férias na aldeia da A-da-Gorda durante a minha infância, mas lá não havia girassóis... Havia passeios de burra ao fim da tarde, banhos no tanque de lavar a roupa da Ti Vone, serões passados à soleira da porta brincando com os vizinhos... Mas não havia girassóis, ai isso não.

Este campo de girassóis chamava-me todos os dias, ao passar por lá e, conhecendo o sol alentejano como agora conheço, sei que não durariam muito tempo viçosos e altaneiros, erguidos orgulhosamente. Assim, uma tarde decidimos ir fotografá-los e brincar e meditar e dançar e conversar com eles... Ver as abelhas zumbindo ao seu redor... As pessoas a passarem ao lado cheinhas de vontade de fazer o mesmo que nós... Como é linda a Natureza!

1 comentário:

Alcaide disse...

Quem será?
Lool
Sou o Armando Alcaide um dos ementores da pagina dos pequenos luzitanos e resolvi passar aqui para te dar os meus parabéns por esta tua criação que está muito lindo e maravilhoso.
Beijinhos...
Ass.
Armando Alcaide