31 agosto 2011

Downsizing...

Tenho aproveitado estas últimas semanas de Agosto, em que o meu digníssimo já regressou ao trabalho, para colocar as coisas em ordem cá em casa. Quando cheguei vi que há tanta coisa que não usamos, que não precisamos e que pode ajudar tanto outras pessoas, que decidi pôr mãos ao trabalho e "downsize", ou seja, reduzir. Tenho visitado inúmeros blogues de organização e arrumação e leio histórias de pessoas que fizeram este trabalho quando tiveram de mudar de uma casa maior para uma mais pequena. Alguns até dizem que vivem muito melhor agora. Uma família colocou mesmo um desafio: cada membro da família só podia levar consigo na mudança 100 coisas (e nessas 100 coisas incluiam-se "básicos" como aspirador, televisão,...)

É um desafio e tanto. Conversando com o N., ele disse: "O que será de maior importância para nós? Em caso de emergência, de termos que sair a correr de casa, o que levaríamos que fosse realmente essencial?" Realmente, é uma reflexão que tenho estado a fazer e, ao mesmo tempo, tenho andado a libertar-me de coisas, algumas que vendo em segunda mão (livros), outras que doo à Loja Social da CM Ferreira do Alentejo. Entretanto, já consegui libertar uma gaveta, que está completamente vazia, e não vou comprar nada para lá colocar dentro. Os roupeiros estão bem mais leves, assim como as gavetas das meias e roupas interiores. As toalhas de casa de banho já estão só as necessárias, assim como panos da louça e afins.

O que é realmente importante? Agora entro no nosso escritório em casa e sinto-me bem, confortável, com espaço para trabalhar, para criar, até para meditar. E ainda há tanta coisa para libertar, para doar!

E vocês, o que têm feito?

Sem comentários: